R --> franchise-predator

Miooolos! Conheça os verdadeiros zumbis do reino animal e seus causadores.

E-mail Imprimir PDF
Avaliação do Usuário: / 2
PiorMelhor 

Cansado de usar em seus jogos os zumbis erguidos por magia, vírus, dominação alienígena e causas semelhantes? Esse pequeno artigo trás três dicas de "zumbificação" existentes na natureza, que podem ser livremente adaptadas para trazer um gostinho de novidade para os seus jogos.

 

1) Cordyceps x insetos.

O gênero de fungos ascomicetos conhecido como Cordyceps é sem sombra de dúvida o parasita zumbificante mais esquisito que se tem notícia. Cada espécie de Cordyceps é especializado em parasitar um tipo de inseto, e os mais perigosos para os insetos são os que parasitam espécies de formigas, justamente porque, sendo insetos sociais, a chance de haver uma epidemia dizimando todo o formigueiro é muito grande.

Quando uma formiga entra em contato com um esporo desse fungo, o mesmo começa a brotar suas hifas e produz substâncias que alteram o comportamento da formiga, tomando conta de seus sistema neurológico rudimentar, e transformando-a em uma ferramenta para a disseminação de seus esporos.

Como todo fungo, ele só irá se reproduzir quando o seu corpo de frutificação emergir, o que coincide com a morte do hospedeiro. Quando está perto de acontecer, o fungo dirige a formiga zumbi para um lugar bem alto perto do formigueiro, e a última ação da formiga é se agarrar fortemente a um galho numa posição bem favorável. Então o horrendo corpo de frutificação emerge, normalmente da cabeça ou da nuca do inseto, num sinal alarmante de dominação mental, e explode espalhando esporos minúsculos, que irão infectar outras formigas.

Uma alteração interessante para se usar nos jogos de RPG é a criação de um Cordyceps levemente, parasita de humanos, que não mata sua presa antes de liberar corpos de frutificação; pelo contrário, esses fungos fazem com que os humanos infectados e liberando esporos andem por aí procurando novas vítimas. Temos a nossa versão de zumbi embolorado, ao invés do zumbi morto-vivo original.

 

 

2) Vespas x outros insetos.

Várias vespas desenvolveram o hábito de parasitar insetos. A maioria simplesmente coloca seus ovos dentro de uma determinada espécie de inseto e os mesmos se desenvolvem devorando o hospedeiro por dentro até que o mesmo morra e a vespa ecloda. Mas algumas vespas transformam seus hospedeiros em zumbi, mudando o seu comportamento para que os mesmos protejam os ovos até a eclosão.

A mais conhecida dessas vespas é a Ampulex compressa, que parasita baratas. Ela começa injetando venenos em pontos específicos do corpo da barata para paralisá-la. Depois, ela arranca as antenas da barata, que fica desorientada. Por fim, ela coloca um ovo, e abandona a barata à sua própria sorte. Quando a barata recupera seus movimentos, ela está com seu comportamento modificado, e viverá o resto de sua vida como um zumbi alheio à presença do ovo e larva da vespa, e sem vontade de fugir de onde foi colocada pela vespa.

Vespas parecidas podem ser usadas para criar verdadeiras fazendas de humanos zumbis, sem vontade própria, sem desejo de fugir.

 

 

3) Leucochloridium variae x caramujos zumbis

Leucochloridium variae é um platelminto, um verme da classe Trematoda, que parasita caramujos, modificando seu comportamento. Normalmente, caramujos se escondem do sol e do alto das plantas, pois sua pele é porosa e sensível à perda de umidade. Mas esses vermes eclodem no interior do caramujo depois de serem ingeridos, migrando para os olhos do caramujo e fazendo com que eles passem a andar em áreas descobertas e altas. Nas antenas, os vermes começam a vibrar e se exibir, atraindo aves que os devoram inteiros. No interior das aves, esses vermes terminam seu ciclo de vida, deixando seus ovos nas fezes das aves, para serem devorados por outros caramujos.

Esse é o caso mais aterrorizante, pois os caramujos viram verdadeiros monstros pulsantes. Imagine zumbis humanos pulsantes, cheios de larvas coloridas de vermes.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Existem outros casos de animais sendo transformados em zumbis por parasitas. Fique à vontade para adaptar as ideias expostas acima para os seus jogos.

 

 

 

Para enviar comentários é necessário estar logado no site. Se você está logado e não consegue enviar um comentário, verifique se você não foi punido com suspensão.

Acesso Rápido

Visitantes

Nós temos 89 visitantes online

Menu de Usuário

Meus Controles